Moradores do Bairro Sete de Setembro reclamam das péssimas condições da quadra de areia
Fonte: Rádio Vida Nova FM
Publicado em 31/07/2018 ás 18:43:54

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Brinquedos quebrados, alambrado arrebentado, iluminação pública deficiente e muita sujeira é o cenário da quadra de areia do Bairro Sete de Setembro. Um espaço que foi criado para o lazer das crianças de nossa cidade, passa a ser um local de preocupação para os pais. São brinquedos em péssimas condições que podem se tornar até em objetos causadores de ferimentos. A reportagem da Vida Nova FM deslocou-se até o local, através do comunicador Josué Martins (Giro 87), onde conversou com a senhora Lázara Maria que relatou a sua preocupação: “É muita sujeira e os brinquedos quebrados não tem condições de uso. A tela está toda arrebentada com os arames pontiagudos que podem até causar ferimentos nas crianças”. Dona Lázara destacou ainda que nos finais de semana, as crianças, juntamente com os pais, procuram a “pracinha de lazer”, mas, devido as péssimas condições, acabam deixando o local. Segundo ela, há muito tempo que o local se encontra nestas condições, as árvores foram podadas ficando o ambiente ao relento. A moradora Berta destacou que várias vezes viu as crianças jogando bola e, devido a falta da tela de proteção, a bola rola para a rua e as crianças sem noção do perigo, correm o risco de serem atropeladas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A reportagem também se deparou com as precárias condições da pista de Skate que está localizada junto ao Ginásio de Esportes Edemar Parzianello. No local, conforme as fotos, podemos ver um enorme buraco, o que dificulta a prática do esporte e sem contar no aspecto negativo, por se tratar de um local bastante visitado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Dirceu Luiz)  

 

Hoje nosso sistema registrou

2870

Visitas
Se você é um de nossos fiéis ouvintes
Clique aqui para registrar sua visita.
© 2014 - Rádio Vida Nova FM - 87.9
Site Desenvolvido e Hospedado por: