18:28 Rádio Vida Nova FM ~ 87.9 ~
Lars Grael faz Palestra Motivacional e relaciona superação ao Agronegócio
Fonte: Folha do Araguaia
Publicado em 11/09/2018 ás 17:31:42

Apesar de ser uma terça-feira (11/09) pela manhã um grande público se fez presente ao CTG Pioneiros do Centro-Oeste para ver o Velejador Lars Grael, 54 anos, que veio a Canarana para apresentar uma palestra sobre superação a convite da Associação de Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat); da Famato e diretoria do Sindicato Rural de Canarana que teve o presidente Arlindo Cancian como anfitrião. 

Atentos a cada palavra do medalhista olímpico que comentou sobre sua trajetória, com ênfase em seu recomeço, após ter sua perna decepada pela hélice de uma lancha, há 20 anos; o público de Canarana, composto por produtores rurais e pessoas relacionadas ao agronegócio, ouviram o atleta contar sobre sua história e fez uma analogia com o agronegócio. 

Em conversa com a Reportagem do Jornal Folha do Araguaia o atleta comentou que tem feito diversas palestras ao redor do Brasil. “Sempre faço um paralelo entre a minha trajetória de Velejador, atleta olímpico e cidadão brasileiro. A minha história não é só de vitórias, há também derrotas. Mostro uma analogia de valores, sobretudo baseado na superação, que é o tema da minha trajetória”, diz.

"Mostro, de uma forma muito natural, como o ser humano tem dificuldades, mas pode manter a vontade de superar cada obstáculo na vida. Assim como superei diversas situações, seja no esporte ou no acidente”, acrescenta.

Ele afirma acreditar que a superação é um tema que também pode estar relacionado à produção rural. “Os produtores são pessoas empreendedoras, lidam com variáveis não-controláveis. No caso do esporte, essa variável é a natureza. Para os agricultores, as variáveis que não controlam são o valor da safra, questão de política cambial, pestes e contaminações, a própria dificuldade governamental, burocracia, impostos, entre outros”.

Além de ressaltar os riscos enfrentados pelos agricultores, Grael elogia o trabalho exercido no campo. “Os produtores rurais são brasileiros que estão olhando para a frente, inovando, sempre superando seus próprios desafios e dificuldades que surgem. Eles mostram um Brasil que hoje é vencedor. Eu, que sou um ser humano urbano e marítimo, admiro muito o trabalho que é feito em Mato Grosso”, asseverou.

Projetos sociais

Uma das características de Grael é o apoio a causas sociais. Desde que sofreu o acidente no qual perdeu a perna, o medalhista olímpico passou a se dedicar mais a iniciativas para jovens pobres. Ele considera que o mais importante é o Projeto Grael, que completou 20 anos em 2018, auxiliado pelo Instituto Rumo Náutico. “Já passaram mais de 20 mil jovens nesse projeto. É muito gratificante, porque democratizamos o nosso esporte (a vela)”, pontua.

Segundo ele, a ajuda aos jovens é uma forma de devolver ao país toda a torcida que recebeu desde que começou a carreira de velejador e o apoio durante o acidente. “Para mim, é muito importante ter essa iniciativa”, declara.

Conforme o velejador, o interesse em se aprofundar nos projetos sociais foi uma das características que adquiriu após o acidente de 20 anos atrás. “Mudou muita coisa (desde que perdeu a perna). Tive uma restrição de ordem locomotora, mas acho que abriram opções e oportunidades para eu atuar na vida pública e fazer as palestras em todo o país. Isso pra mim é muito gratificante. Então, a vida segue e estou muito feliz”, finaliza.

Nos próximos cinco dias, o medalhista olímpico irá a outras cidades do Estado: Primavera do Leste, Tangará da Serra, Sorriso e Rondonópolis – para ministrar outras palestras motivacionais. 

Hoje nosso sistema registrou

1978

Visitas
Se você é um de nossos fiéis ouvintes
Clique aqui para registrar sua visita.
© 2014 - Rádio Vida Nova FM - 87.9
Site Desenvolvido e Hospedado por: