BOA NOITE! - Hora Certa 19:10 - em CANARANA - MT

Hoje - 26 de Fevereiro de 2021


Locutor
VOZ DO BRASIL
VOZ DO BRASIL
PEÇA SUA MÚSICA

Ou participe pelas principais redes sociais.

  • Facebook
  • Whatsapp
  • Whatsapp
  • Instagram
Loading...


Verba indenizatória está em pauta: pressão quer manter esse 'extra'

Fonte: Comissão Geral da Câmara de Vereadores de Água Boa | 22/02/2021 as 08:52

Segue tramitando na Comissão Geral da Câmara de Vereadores, projeto que quer acabar com a Verba Indenizatória.
Apenas 4 vereadores manifestaram apoio ao projeto que acaba com mais essa verbinha extra: Elton Jones ‘Cascão’, Agnaldo Lansoni, José Ari Zandoná e Júnior Silveira.
Porém, nossa reportagem foi informada de que existe uma cerca pressão para que a verba não seja extinta, possibilitando que alguns além de receberem o salário, continuem faturando a verba extra.
Cabe salientar que além do salário e da verba indenizatória, toda vez que um vereador viaja para atender aos interesses públicos, recebe também uma gorda diária.
Se existem forças se mobilizando para pressionar pela permanência da verba indenizatória, a sociedade precisa também acordar e fazer mobilização exigindo o fim da verba indenizatória.

 

RELATOS DA ULTIMA SEÇÃO DA CÂMARA DE VEREADORES DE ÁGUA BOA

A Câmara de Vereadores fará hoje sua primeira sessão ordinária da 10ª Legislatura. Os trabalhos serão às 19hs sob o comando de Luis Cesar de Lara. Um projeto que promete ser polêmico é o que revoga lei anterior que criou a Verba Indenizatória de R$ 2 mil mensais aos vereadores.

Até ano passado, alguns vereadores não sacavam essa verba, mas o assunto sempre foi polêmico, principalmente depois de sua aprovação contra a vontade popular.

Pesquisa da Interativa em 2.017 mostrou claramente que 90% da população era contra a verba indenizatória. No ano passado, somente dois vereadores que recebiam a verba indenizatória se reelegeram.

Luis Cesar de Lara, José Ari Zandoná, Jonathan Silveira e Alan Apio nunca sacaram a verba extra. Joaquim ‘Quincão’, Fernando Quintanilha, Renato Beraldo e Marilene Estefano que recebiam a verba não se reelegeram. Somente Leo ‘Enfermeiro’ e Adelar ‘Bibelô’ Fusinato dos que recebem a verbinha passaram pelo crivo das urnas.

Entre os novos legisladores, a proposta para cancelar a verba extra partiu de Elton Jones ‘Cascão’ Bettio, tendo Agnaldo Lansoni, Heronides Silveira Júnior e Ari Zandoná como coautores.

Resta ao novo time de vereadores a manifestação sobre o assunto. O certo é que quem apoiar essa verba extra já começará desgastado seu caminho político.

MAIS NOTÍCIAS

Total de acessos hoje 26/02/2021


( 23629 )

© 2021 - Vida Nova FM 87.9 |
CANARANA - MT | Todos Direitos Reservados