BOA TARDE! - Hora Certa 17:49 - em CANARANA - MT

Hoje - 04 de Julho de 2022


Locutor
TERRA SERTANEJA
VALDIR FERRAZ
PEÇA SUA MÚSICA

Ou participe pelas principais redes sociais.

  • Facebook
  • Whatsapp
  • Whatsapp
  • Instagram
Loading...


Brasil suspende a exportação de carne bovina após caso de

RISCO INSIGNIFICANTE

Fonte: Vinícius Lemos | 04/06/2019 as 15:38

O Ministério da Agricultura suspendeu, nesta segunda (3), as exportações de carne bovina para a China. A medida foi tomada em razão de um caso de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), a "vaca louca", identificado em um animal de Mato Grosso.

Por meio de nota, a pasta informou que a suspensão é temporária, "até que que a autoridade chinesa conclua sua avaliação das informações já transmitidas sobre o episódio". A medida cumpre um acordo bilateral assinado entre os países em 2015, que trata sobre as consequências de possíveis registros de “vaca louca” no Brasil.
O caso aconteceu com uma fêmea da raça Nelore, que tinha 17 anos. Ela nasceu e cresceu em uma propriedade de Nova Canãa do Norte (a 699km de Cuiabá). A área realizava o ciclo completo de produção em sistema semi-intensivo e foi interditada pelo Mapa e o Indea.
 
Em 5 de abril, técnicos do programa recolheram uma amostra do tecido cerebral da vaca, que foi submetida a abate de emergência em um matadouro-frigorífico. O material foi mandado para um laboratório em Pernambuco, que confirmou a presença da doença no animal.
 
A amostra também foi para o Centro Nacional para Doenças Animais, da Agência de Inspeção de Alimentos do Canadá, que é referência para a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e faz o controle das carnes exportadas para o mundo.
 
Segundo o Ministério da Agricultura, mesmo com o caso registrado em Mato Grosso, o status sanitário brasileiro permanece como risco insignificante em relação à doença da "vaca louca". Isso porque, segundo o ministério, esta forma de doença pode ocorrer de modo espontâneo e esporádico em todas as populações de bovinos do mundo, "não estando relacionada à ingestão de alimentos contaminados”.
 
Este é o terceiro caso de “vaca louca” registrado no país em mais de 20 anos de vigilância para a doença, segundo o Ministério da Agricultura. "O Brasil nunca registrou a ocorrência de caso de EEB clássica, mantendo, desde 2012, o reconhecimento pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como país de risco insignificante para a doença", informou a pasta.
MAIS NOTÍCIAS

Total de acessos hoje 04/07/2022


( 4294 )

© 2022 - Vida Nova FM 87.9 |
CANARANA - MT | Todos Direitos Reservados