BOA TARDE! - Hora Certa 15:00 - em CANARANA - MT

Hoje - 07 de Dezembro de 2021


Locutor
ARENA 87
ANDERSON NENNING
PEÇA SUA MÚSICA

Ou participe pelas principais redes sociais.

  • Facebook
  • Whatsapp
  • Whatsapp
  • Instagram
Loading...


Governo Mendes afirma que ferrovia estadual vai beneficiar 26 municípios de MT

Fonte: Vinícius Antônio/Sapicuá News | 27/09/2021 as 08:25

Foto: Christiano Antonucci | Secom-MT


A construção da primeira Ferrovia Estadual de Mato Grosso vai provocar impactos positivos.

Os benefícios vão desde a instalação de indústrias até a melhoria da qualidade de vida da população de 26 municípios, que juntos concentram 41% da produção de grãos no Estado. 

Conforme estudos da Rumo, os municípios beneficiados vão ser Sinop, Vera, Nova Ubiratã, Sorriso, Santa Rita do Trivelato, Paranatinga, Diamantino, Nobres, Rosário Oeste, Chapada dos Guimarães, Várzea Grande, Santo Antônio de Leverger, Jaciara, São Pedro da Cipa, Juscimeira, Pedra Preta, São José do Povo, Poxoréu, Primavera do Leste, Campo Verde, Planalto da Serra, Nova Brasilândia, Cuiabá, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Rondonópolis.

A ampliação da malha ferroviária, de acordo com o projeto da Rumo Sociedade Anônima, vai produzir uma economia em torno de oito bilhões de reais nas despesas de produtores e empresários do Estado entre os anos de 2029 a 2079, período em que a empresa fica autorizada a explorar o modal.

Altair Marcos de Albuquerque, presidente da Câmara de Vereadores de Nova Mutum, afirma que a chegada dos trilhos vai coroar o crescimento que a região está vivendo nos últimos anos.

Segundo ele, esse é um momento muito importante já que a ferrovia traz um conjunto de benefícios para toda a sociedade, na questão da geração de empregos e também na verticalização da produção de Nova Mutum.

Ele comemorou dizendo que o momento é impar para o agronegócio, para o comércio, para a indústria e o fortalecimento do setor produtivo da região Médio-Norte.

Com investimento previsto de 11 bilhões de reais, a nova ferrovia vai ser construída com investimentos 100% privados, da empresa Rumo Sociedade Anônima.

 Ao Governo do Estado, cabe a autorização para o empreendimento e o papel de fiscalizar as obras e as operações. Os trilhos vão ligar Lucas do Rio Verde, passando por Cuiabá, ao terminal de Rondonópolis, de onde a produção poderá seguir até o porto de Santos, em São Paulo.

A previsão é que as obras comecem em 2022 e que o trecho entre Cuiabá e Rondonópolis seja entregue em 2025, enquanto a operação entre Lucas do Rio Verde e Cuiabá deve começar em 2028.

MAIS NOTÍCIAS

Total de acessos hoje 07/12/2021


( 2830 )

© 2021 - Vida Nova FM 87.9 |
CANARANA - MT | Todos Direitos Reservados