BOA NOITE! - Hora Certa 22:12 - em CANARANA - MT

Hoje - 25 de Julho de 2021


Locutor
Musical Domingo à tarde
AUTOMÁTICO
PEÇA SUA MÚSICA

Ou participe pelas principais redes sociais.

  • Facebook
  • Whatsapp
  • Whatsapp
  • Instagram
Loading...


São Félix, Tangará e Paranatinga lideram a lista dos incêndios florestais em Mato Grosso.

Fonte: Jurandir Antonio/Sapicuá News | 21/07/2021 as 08:25

Foto: Reprodução/Internet


Mato Grosso já teve mais de 740 mil hectares de áreas atingidas por incêndios florestais neste ano.

 

A área equivale a cerca de cinco vezes a do município de São Paulo.

 

Do total, 76 mil hectares foram atingidos no período proibitivo do uso de fogo, iniciado no 1º de julho, e somam o equivalente a 10% de toda a área queimada.


Os dados se referem ao período de janeiro ao dia 13 de julho e a estimativa é do ICV, Instituto Centro de Vida.

Do total incendiado no estado em 2021, a Amazônia lidera entre os biomas com mais de 479 mil hectares atingidos, o equivalente a 65% do total.

 

Seguida do Cerrado, com quase 244 mil, que representa 33%, e do Pantanal, com mais de 16 mil hectares, ou seja, 2%.

O município de São Félix do Araguaia lidera a lista, com 40 mil hectares atingidos pelo fogo.

 

Em  seguida, Tangará da Serra, com 34 mil, Paranatinga, com 32, Gaúcha do Norte e União do Sul, com 25 e 21 mil, respectivamente.

A categoria fundiária com maior incidência de áreas atingidas foi de imóveis rurais inscritos no CAR, Cadastro Ambiental Rural, responsável por 66% dos casos.

Depois vem terras indígenas, com 14%, e assentamentos rurais, com 10%.

A terra indígena com a maior área afetada foi a Paresi, que fica em Tangará da Serra, no Cerrado.

A área contabilizou 30 mil hectares queimados, o correspondente a 29% do total impactado pelo fogo em terras indígenas no estado.

MAIS NOTÍCIAS

Total de acessos hoje 25/07/2021


( 611 )

© 2021 - Vida Nova FM 87.9 |
CANARANA - MT | Todos Direitos Reservados